Cinco fatores que ampliam as chances da sua marca ser notícia

Comunicar da forma correta o produto ou serviço é vital para o sucesso do negócio. Gosto, particularmente, de uma citação de Edson Vaz Musa, no livro Portas Abertas, que diz que “a comunicação não é útil, é indispensável; não é despesa, é investimento; é um processo permanente”.

São vários aspectos da comunicação que precisam de atenção e um deles é de que forma a marca está buscando autoridade no diálogo com seu público. Um dos meios que contribuem para conquistar visibilidade é fazer com que o que você vende chegue positivamente à imprensa.

Participar do conteúdo editorial dos veículos – e aqui não considero os espaços pagos, os chamados informes publicitários / publieditoriais – tem se tornado um desafio cada vez maior. Primeiro pela característica natural do meio e o dinamismo das redações, cada vez mais enxutas, sem contar a “enxurrada” de releases diários que os jornalistas recebem com a proliferação das assessorias.

Além disso, é preciso “falar a língua” do jornalista, conhecer as características do veículo, escolher a editoria certa conforme o assunto a ser divulgado e saber para quem direcionar o conteúdo e como.

Mesmo depois de todos esses passos, como a decisão da publicação deve partir do interesse do próprio veículo, é importante que o assunto seja “noticiável” e relevante para o público com quem o veículo conversa.

Alguns fatores que ampliam a possibilidade de um produto ou serviço ser notícia:

  • Necessidade – o que a marca divulga precisa ser uma necessidade para o público com quem ela quer conversar. Ao identificar a necessidade, fica mais simples escolher o canal adequado para a divulgação. Exemplo: o lançamento de um novo suplemento alimentar tem mais relevância para canais ligados à saúde e à qualidade de vida.
  •  Contextos favoráveis – um “gancho” forte sempre ajuda, como datas especiais, por exemplo. Programar o lançamento do suplemento no Dia Mundial da Alimentação pode ampliar suas chances de publicação.
  •  Diferenciação ou ineditismo – encontrar e destacar para a imprensa um ou mais pontos fortes ou aspectos que diferenciem o produto ou serviço, ainda que ele não seja único no mercado. Por exemplo: um “coach de vida plena” pode chamar mais atenção que um coach de saúde, mesmo que o serviço seja o mesmo.
  •  Boa imagem para ilustrar – dicas de pauta sobre produtos precisam conter ao menos uma boa imagem, de preferência bem produzida, sobre o produto a ser destacado. Quando se trata de um serviço, geralmente usamos uma foto do porta-voz, também preferencialmente bem produzida. Cuidado com arquivos grandes ou excessivos, para não sobrecarregar o e-mail do jornalista – separe, no máximo, três opções de imagens sobre produtos ou uma opção de foto do porta-voz; os arquivos com boa resolução podem ter cerca de 1MB cada.
  •  Porta-voz bem treinado e disponível – não adianta todo o esforço de divulgação se o porta-voz da marca não estiver munido de informações e disponível para atender ao pedido de entrevista do jornalista. É aconselhável, inclusive, um bate-papo prévio com sua assessoria de imprensa antes de cada agendamento, ela irá conduzir o processo e o ajudará no acompanhamento dos resultados.

Vamos falar mais disso? Se você quiser aprender como alavancar seus negócios com o auxílio da imprensa, eu posso te ajudar. Se precisar, pode fazer contato por meio do nosso site: http://www.beonpress.com.

Vamos juntos?

#GoBeyond  #BeOnPress

Uma consideração sobre “Cinco fatores que ampliam as chances da sua marca ser notícia”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s